Festa “Somos Todos Paulista” nos 85 anos da EPM/Unifesp

A Escola Paulista de Medicina comemorou seus 85 anos com uma grande festa aberta ao público que reuniu várias gerações que participaram da história da instituição.

12 Jun, 2018

Após uma semana recheada de intensa programação cultural, o domingo foi o dia da grande comemoração dos 85 anos com a “Festa Somos Todos Paulista”, marcada por muita confraternização, alegria e um emocionante encontro de gerações. O evento reuniu um público de aproximadamente 3.700 pessoas, que ocupou a área externa da Escola Paulista de Medicina (EPM/Unifesp) e um trecho da Rua Botucatu.

Foram montados dois palcos para shows durante todo o dia. O tradicional grito de guerra, o TRACATRÁÁÁ - Hino dos estudantes da Escola Paulista de Medicina -, foi puxado constantemente pelos ex-alunos e suas turmas e, o maior deles, aconteceu às 11 horas, com a participação geral dos presentes, entoado nas escadarias da escola com apoio da bateria 51 da EPM, ecoando por toda a Vila Clementino.

A festa contou com apresentação da Bateria 51 da Escola e de shows no palco instalado na rua e na Praça Viva do campus. Na Atlética, foram realizados jogos entre veteranos e estudantes e as crianças puderam se divertir no espaço kids, além da mostra de fotos e de algumas camisetas de times com assinaturas dos jogadores que participaram de campeonatos representando a EPM.

Marcaram presença seus alunos e ex-alunos, docentes aposentados e em exercício, pós-graduandos, servidores técnicos administrativos e familiares, que prestigiaram a festa. Além de muita alegria, o encontro foi elogiado pelos participantes que mostraram todo o seu orgulho em serem Epemista! Destaca-se a presença de do prof. Salvatore, o mais idoso aluno da EPM, com 102 anos. Professor Prates, decano dos professores da Anatomia da EPM, que aniversaria no mesmo dia da escola..

Programação cultural

Durante a semana várias atividades culturais foram realizadas como os Encontros Literários e a Exposição de quadros do Dr. Wagner Kuroiwa, que já se encontra aberta para visitação até o dia 29 de junho, no Edifício Nestor Schor (Pesquisa II), em comemoração dos 85 anos da EPM, com a participação da Sociedade Brasileira de Médicos Escritores - SP. A mostra conta com vinte quadros e uma instalação – intitulada Cristo em radiografia. Algumas pinturas representam a entrada principal da EPM.

Sobre a EPM/Unifesp

A Escola Paulista de Medicina (EPM) foi fundada em 1933 por um grupo de jovens profissionais paulistas. Em 1936, foi fundado o Hospital São Paulo, que desde então é seu hospital escola. A EPM foi reconhecida pelo governo federal em 1938 e federalizada em 1956. Em 1994, e deu origem à Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), da qual é hoje uma das principais unidades.

Além do curso de Medicina, a EPM oferece os cursos de Biomedicina, Fonoaudiologia, Tecnologia Oftálmica, Tecnologia em Informática em Saúde e Tecnologia em Radiologia, e o curso de graduação em Enfermagem, na modalidade de bacharelado, ministrado em período integral e com duração de quatro anos, que foi criado em 1938, soma 75 anos de história. Sua sede está localizada na Rua Botucatu 740.

A EPM é uma instituição de excelência no ensino e pesquisa médica, reconhecida por rankings nacionais e internacionais.

 

Compartilhe


NOTÍCIAS RELACIONADAS